Dj Ritchelly promove novos talentos [Saiba Mais Aqui] || PORTAL HIP HOP EM DIA

janeiro 24, 2018




Dj Ritchelly promove novos talentos


Com objectivo de promover novos talentos nos estilos Hip-Hop e RnB, Dj Ritchelly tem mantido desde Setembro do ano passado um projecto denominado “A Recolhar”. O sétimo volume, disponibilizado neste final de semana (20 de Janeiro) conta com 17 músicas de artistas angolanos com pouca ou nenhuma.

“Normalmente anúncio as recolhas pelas redes sociais Facebook, Instagram e Twitter. Ouço as músicas que me são enviadas, muitas vezes mixtapes e EP e retiro as melhores músicas ou as com melhor aproveitamento. Essa compilação depois fica disponível de forma grátis nas redes sociais e nos canais de download”, refere Dj Ritchelly.

A participação ao projecto por parte dos artistas é livre e podem se candidatar músicos residentes em Angola ou no estrangeiro. Por intermédio de Dj Ritchelly esses artistas pedem interagir entre si e daí surgir trabalhos colaborativos. A primeira edição do projecto “A Recolha” saiu em Setembro de 2017. Neste mês saíram quatro compilações.



Sobre Dj Ritchelly 

 Rui Ritchelly Benoliel Ferreira mais conhecido por Dj Ritchelly nascido aos 05 de Outubro de 1992 em Luanda apaixonou-se pela música quando ainda pequeno. Aos 9 anos, o menino Ritchelly já gravava cassetes por influência do seu Tio Terêncio Africano que na altura trabalhava na Rádio Luanda. Rui Ferreira foi aumentando esse gosto e em 2002 quando recebe o seu primeiro computador teve a ideia de colecionar músicas, gravando assim CDs, o que resultou numa “mala de discos”, a arma de todos os DJs. Com a ajuda de seus tios surge DJ Ritchelly que aos 13 anos começou por tocar em festas de família. Em 2006 conhece Cláudio Silva A.k.a “DJ Bolinha” e José Henriques “DJ Wateva” vizinhos de Ritchelly no Projeto Nova Vida, os dois DJs e amigos contribuíram imenso para evolução do DJ Ritchelly.


Em 2007 DJ Ritchelly consegue o seu primeiro contrato para tocar em um pedido, passando assim de amador para profissional. O jovem DJ impressionou com a sua performance e como consequência ganhou mais contratos. Rui Ferreira foi evoluindo e no final de 2008 decidiu modificar a sua forma de “tocar” optando mais pelos estilos Hip-Hop, Rap, R&B e Dance-Pop, dai surge a grande paixão pelo Hip-Hop alimentada pelos inúmeros vídeos e noticias que assistia sobre esse estilo de música nos canais televisivos como MTV e Trace Urban sob influência de sua irmã e da tia.
Com tecnologia do Blogger.